Como o conteúdo pode enriquecer a sua estratégia de Inbound Marketing?
content

Como o conteúdo pode enriquecer a sua estratégia de Inbound Marketing?

Por Ellen Trinanes Hansen 


A internet mudou o comportamento dos consumidores e se tornou a principal ferramenta de pesquisa dos brasileiros. De acordo com um estudo desenvolvido pelo Serviço e Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela plataforma ‘Meu bolso feliz’, nove em cada dez brasileiros utilizam a web para buscar informações sobre produtos e serviços antes de adquiri-los. 

Essa nova realidade reforça a necessidade de investimento em marketing digital por parte das marcas, independentemente do segmento de atuação. O novo marketing, também denominado inbound, tem como principal foco o compartilhamento e criação de conteúdo relevante direcionado para um determinado público-alvo, utilizando estratégias de marketing online.  

O novo conceito tem como uma de suas premissas a educação do consumidor até que o mesmo esteja preparado para a compra. A metodologia consiste em atrair, converter, fechar a venda e encantar. A estratégia visa a conquista de entusiastas, e não apenas a de clientes potenciais.  

Uma pesquisa divulgada pela Hubspot, ferramenta de automação de inbound marketing, apontou que cerca de 70% dos usuários que visitam um site ou blog não estão prontos para comprar. Portanto,  é fundamental aproveitar o tráfego da sua plataforma, capturando os leads e os colocando em um workflow, para que sejam nutridos com conteúdo de qualidade até que estejam prontos para adquirir um produto ou serviço. Mas como o conteúdo pode fazer isso?  

4 dicas para enriquecer a sua estratégia de conteúdo  

De acordo com Bill Gates, "O conteúdo é rei". E o pai do sistema operacional Windows estava certo. Para chamar a atenção do seu público-alvo é essencial que a sua mensagem seja passada no lugar, tempo e contexto corretos. Afinal, esse material será o responsável por levar os visitantes do seu portal de uma etapa a outra da metodologia de entrada.  
A seguir, conheça algumas dicas de como produzir um material de qualidade: 

1 - Tenha um objetivo bem definido. 

O primeiro passo para produzir um conteúdo de qualidade é conhecer o seu público-alvo. Para isso, é fundamental conhecer a jornada do comprador (buyer journey) do inbound marketing. Ela consiste em três estágios: consciência, consideração e decisão.  
Por intermédio das palavras-chaves pesquisadas pelo usuário é possível identificar em qual momento o internauta se encontra e , assim, traçar um objetivo para a o seu conteúdo. Esse material deve responder as questões levantadas pelo leitor.  

2 - Crie modelos de buyer personas. 

Buyer personas são representações fictícias de seus clientes. Esses modelos auxiliam a sua companhia na aproximação com o consumidor e dá as diretrizes para o processo de comunicação. Reúna dados sobre os seu atuais parceiros, como: 
Quem são? 
Quais são os seus objetivos? 
Qual o seu principal problema? 
Quais são as suas fontes de informações? 
Qual a sua função no processo de compra? 
Quais caminhos percorreu? 
Crie um nome para cada um de seus personagens, insira fotos e frases que tenham ligação com eles. A partir dessas informações, faça um conteúdo que responda as questões levantadas pela sua persona e leve em consideração todos esses detalhes sempre que desenvolver um material de comunicação. 

3 – Preste atenção nos detalhes. 

Cada elemento do seu conteúdo é importante. Imagens, espaços em branco, títulos, subtítulos, links internos e externos e CTA's devem instigar o leitor a permanecer na sua página. Além disso, a sua publicação deve ser otimizada para os motores de busca e adaptada para o mobile. Afinal, figurar nas primeiras colocações do Google é um dos primeiros passos para atrair tráfego qualificado. 

Crie um título que atraia o usuário, utilizando palavras-chaves e levando em consideração a forma de pesquisa. Vale ressaltar que o Google só lê os primeiros 70 caracteres e é importante não ultrapassar este limite. Utilize referências relevantes em seus textos e busque dados que te ajudem a fundamentar a ideia principal do seu conteúdo.  

Aposte em vídeos, infográficos, botões de compartilhamentos de redes sociais e CTA's para manter o usuário em contato com a sua empresa e, assim, reunir o maior número de informações possíveis sobre ele. Não esqueça de criar ofertas relevantes e originais, pois elas ajudam a mover o internauta para as etapas da jornada do comprador.  Além de facilitarem a navegação, os CTA’s  são importantes no processo de conversão de visitantes em leads. 

4 – Compartilhe o seu conteúdo. 

Nem só dos motores de busca vivem as grandes empresas. A presença digital é fundamental para difundir a mensagem da sua marca. E as mídias sociais funcionam como porta-vozes da sua companhia. Porém, a maioria das corporações não sabem utilizar as plataformas.  
Além de grandes aliadas na distribuição de conteúdo, elas desenvolvem um papel primordial na aproximação e interação com o seu público-alvo. Avalie o número de compartilhamentos, likes e comentários e identifique as publicações de maior aceitação e relevância. Este pode ser um excelente caminho para traçar as próximas metas. 

Além disso, diariamente as pessoas compartilham o que pensam sobre as marcas e serviços. Portanto, estar presente nas mídias de relacionamento é fundamental para aparar as arestas, no caso de testemunhos negativos.  

O e-mail marketing também deve ser uma estratégia a ser considerada pelo seu setor de marketing digital. Diferente do que muitos pensam, o correio eletrônico tem a maior taxa de conversão para lojas virtuais no Brasil. Ou seja, não deve ser ignorado! 

Uma das grandes vantagens do mundo digital é a mensuração de resultados e a segmentação de campanhas. O cálculo do ROI permite que você identifique as oportunidades mais eficazes para o seu negócio. Não deixe de usar essas armas a seu favor para assim, planejar os próximos passos. Como disse Bill Gates, "O modo como você reúne, administra e usa a informação determina se vencerá ou perderá".