O que aprendi no Conecta Imobi 2019 sobre marketing digital imobiliário
marketing

O que aprendi no Conecta Imobi 2019 sobre marketing digital imobiliário

Confira conteúdos interessantes sobre marketing digital imobiliário transmitidos no Conecta Imobi 2019 no primeiro artigo da série de insights extraídos do evento

Não é de hoje que se fala em como usar as redes sociais para vender imóveis. Aqui, na RRPix Marketing Digital mesmo, nós temos forte atuação no marketing imobiliário e geramos cerca de 500 leads por mês em nossas ações com as construtoras que atendemos. O Facebook encabeça a lista das mídias sociais que mais geram vendas neste setor. Não é à toa que a programação do Conecta Imobi 2019, realizado nos dias 24 e 25 de setembro, em São Paulo, trouxe tantos temas relacionados ao marketing digital.


Vamos começar pelo começo: branding

Para falar sobre gestão de marca em empresas, o evento trouxe a especialista, Karen Formagio, que trabalha com protagonismo social. Ela essencialmente lembrou que na era da tecnologia, marcada pela robótica e inteligência artificial, as pessoas ainda importam – e muito, para que uma marca tenha sucesso. Ou seja, tecnologia e humanização precisam coexistir em termos de branding. Um dos ensinamentos mais práticos para quem é da área de marketing que Karen trouxe, trata do Life Time Value. Uma linha do tempo para traduzir a essência, dar significado e transformar preço em valor. Tudo o que uma marca precisa!


A papisa do marketing digital

Martha Gabriel falou de maneira geral do momento para o mercado digital. Como se posicionar em termos de atualização e manter-se na vanguarda dentro de uma dinâmica em constante evolução. Pesquisa realizada pela Veritas Technologies aponta que 70% da empresas que investem em dados ganham mais dinheiro, então vale a pena investir em soluções como um bom data, oferecer uma boa interface para o consumidor nos canais digitais e incentivar a performance criativa. Afinal, segundo Martha mesma diz: “para não ser substituído por um robô, não seja um robô”.


Será que eu devo investir em SEO?

Esta pergunta é recorrente quando alguém do mercado está estruturando o marketing da sua construtora e questiona a necessidade de ter um blog. Oras, a resposta é simples: sim! De acordo com o Google Consumer Barometer 56% das fontes de informação online são os mecanismos de busca. O que significa que as pessoas usam muito este recurso e se você estiver bem ranqueado no Google, sua página vai aparecer organicamente para as pessoas. E este é o sonho dourado de todo mundo que começa a surfar na onda do digital. Resumindo: tenha um blog, dedique-se a pensar em pautas e entregue o conteúdo deste blog nas mãos de alguém que sabe efetivamente produzir conteúdos para web. O resultado não é imediato, mas vale a penas esperar e pagar pra ver!


Pense antes de agir

Pode parecer até simplista, mas uma das palestras mais relevantes do evento, ministrada pelo expert em storytelling, Rafael Rez, trouxe as perguntas necessárias que todo empreendedor deve responder a fim de posicionar sua marca para obter sucesso. Copia aí:

• Qual papel meu produto/serviços tem na vida dos meus clientes?
• Como meu produto/ serviço ajuda meus clientes a serem melhores no que fazem?
• Como meu produto/ serviço já fez a diferença para algum cliente e como posso contar essa história de sucesso para outros clientes?
• Quais negócios poderiam ser mais lucrativos utilizando meu produto/serviço?
• Como meus clientes se sentem em relação ao meu produto?
• Qual causa nós defendemos?
• Como estamos mudando o mundo com o que fazemos?

Depois de responder estas perguntas você já poderá começar a desenvolver conteúdos de storytelling, que nada mais é do que contar a história da sua marca de uma maneira tão envolvente que o público terá vontade de “pertencer” a este microuniverso. Um bom trabalho de storytelling tem a capacidade de dar vida às marcas, é quase uma personificação.


Rebeca Alcoba, diretora de comunicação da RRPix.